domingo

Gogó Berrante




Ê boi! Ê boi!
Ê-ê-ê boi!...

Ói´s boi na´strada...
ói´s boi na´strada...

Passa carro,
caminião...
Mas passa gente caminiano...
que nem que o boiadero
i as boiada
isprimida nos canto...

Ê-boi! Ê-boi!
Ê-ê-ê-boi!...

Ói´s boi passaaanu...
ói´s boi passaaanu...

ju rigoni (Anos 80)


Visite também

Fundo de Mim, Medo de Avião, Navegando...

Um comentário:

MOISÉS POETA disse...

e passam .
alheios a tudo ; fleumáticos...!

é na simplicidade que reside as coisas mais profundas...!

um beijo !